Crianças protagonistas

criancas

Crianças são “serumaninhos” que tem muito a nos ensinar, até porque elas contém uma visão do mundo bem diferente da nossa, ainda contém aquela inocência perdida ao longo do tempo, uma imaginação fértil e nos fazem sentir nostalgia. É por isso que amamos livros protagonizados por crianças, são livros geralmente com uma leitura leve, simples e que surpreende muito! Pensando nisso, selecionamos alguns livros que recomendamos muito e que farão você se apaixonar pela história:

Se tiver gostado, não se esqueça de se inscrever no canal!

Twitter // Facebook // Youtube // Instagram

Beijos

le assinatura certa

Anúncios

O Herói Improvável da Sala 13B

livro 6

Aqui está um livro que demorei muito para ler, não porque foi uma leitura ruim, de jeito nenhum, eu adorei o livro. Eu estava passando por um momento de ressaca literária e por isso não consegui me envolver com o livro logo de primeira, mas voltei a ler depois de alguns meses e foi uma leitura ótima. 

livro 1

livro 2

Nessa história conhecemos Adam, um menino de 14 anos que tem TOC. Esse é um assunto que acho bem interessante, pois é algo que eu nunca tinha lido sobre e acredito que muitas pessoas também não, é um tema que deve ser explorado para podermos compreender melhor, foi uma leitura de grande aprendizado.

Adam (Batman) está em grupo de apoio onde ele conhece Robin, ele não entende porque ele é “assim” e a partir do momento que conhece Robin decide melhorar, ajudar sua Robin e viver um romance com ela. Muitas questões são abordadas e o TOC é mostrado em níveis diferentes. A história é bem centrada no Adam, apesar de ser contada em terceira pessoa, mas sabe aquele livro que você sente que conheceu as personagens, mesmo sendo centrado em apenas uma?

livro 3

livro 4

No grupo cada pessoa é chamada pelo nome de um herói e adorei isso, pois em maior parte da história não vemos os nomes verdadeiros e sim os nomes de heróis. Além do grupo Adam tem que lidar com sua mãe que vem recebendo cartas anônimas a ameaçando, com seu irmão mais novo que também tem TOC e muitas outras questões.

Achei interessante mostrar que o TOC não tem idade, o livro mostra em diversas personagens isso, inclusive no Docinho, irmão mais novo de Adam. O final do livro é muito surpreendente, quando acabei de ler tive que digerir um pouco tudo. Diversas vezes me senti agoniada lendo o livro, pois é como se estivéssemos nos pensamentos de Adam e participamos com eles das contagens e rituais.

livro 5

Algo que reparei  é que Adam se preocupa muito com as outras pessoas, e às vezes deixa até de cuidar de si para ajudar as outras. Ele é uma personagens que vai fazendo pequenas coisas com grande significado e nos mostra que com pequenos gestos podemos ajudar o próximo de uma forma enorme.

A leitura é bem leve, a diagramação ajudou muito com isso e as páginas vão passando rapidamente. A escrita da autora é sensacional, leve, mas ao mesmo tempo rica. É um livro que recomendo muito e que tem muito a nos ensinar.

Twitter // Facebook // Youtube // Instagram

Beijinhos

ba asssinaturacerta

Suzy e as águas vivas

s1

Quando peguei esse livro não tinha expectativa nenhuma, nem a sinopse eu tinha lido, e foi a melhor escolha que fiz, pois fui surpreendida a cada página com sua história simples e encantadora.

Quem narra a trama é Suzy, uma garota de 12 anos que encontra-se atordoada pela perda de Franny, sua ex-melhor amiga, e pelo último momento que tiveram juntas. Após questionar sua mãe sobre a morte de Franny ela recebe a resposta de que “as vezes as coisas simplesmente acontecem”, não satisfeita ela se convence que ela foi morta por uma água viva e resolve provar isso sozinha.

s4

s5

“Talvez, em vez de nos sentirmos como um grão de poeira, possamos lembrar que todas as criaturas nesta Terra são feitas de pó de estrelas. E nós somos as únicas criaturas que sabem disso.”

Como disse, a história é contada de forma simples, isso acontece muitas vezes quando existe a perspectiva de uma criança. Suzy está tentando entender muita coisa a sua volta, é uma garota extremamente curiosa, que enfrenta aquela fase em que garotas começam a se interessar por garotos e a aparência passa a ser uma prioridade, no entanto Suzy não chegou ainda nessa fase, ela ainda usa seu cabelo armado, roupas largas e por isso não se encaixa entre os populares do colégio. Algo que admirei muita na personagem é o fato dela continuar sendo ela mesma, e não ligar para o que os outros pensavam. Você vai se apaixonar pela personagem, mas algumas vezes vai pensar “não faça isso pelo amor de Deus”, no entanto vai ver que era importante Suzy fazer algumas coisas mesmo que erradas, pois ela é uma criança e é através desses erros que ela vai aprender.

Após a perda de sua ex-melhor amiga, percebe-se que Suzy tenta lidar com o luto, mas se culpa muitas vezes por acontecimentos passados. Ela decide que o silêncio é a melhor forma de lidar com isso e foca na teoria das águas vivas como até mesmo um refúgio, por isso assuntos como depressão, superação, falta de amizades e solidão são pautas importantes da história.

s6

s7

s8

O livro é construído no presente e através de flashbacks, feito de forma que o leitor não fique confuso. Podemos conhecer Franny através das lembranças de Suzy e sobre a amizade delas, nesses flashbacks ela se dirige à ex-melhor amiga, e não ao leitor como de costume. Composto de poucas personagens, permite com que exista certo envolvimento entre estas e o  leitor.

“É interessante como não-palavras podem ser melhores do que palavras. O silêncio pode dizer mais do que o barulho, da mesma maneira que a ausência de uma pessoa pode ocupar ainda mais espaço do que sua presença ocupava.”

s3

Apesar de simples, é extremamente interessante e cativante, aprendi muitas coisas com Suzy que é inteligente e tem ânsia de saber respostas. Vi uma outra perspectiva do mundo, mais inocente e talvez até mesmo mais bonito, pois muitas vezes complicamos coisas e fazemos disso algo tão grande que perdemos momentos que ao ver de um adulto não tem importância, mas ao olhar de uma criança pode ser magnífico.

Super recomendo essa leitura, que é rápida, o livro é pequeno e vai fazer você querer indicar para todos.

Twitter // Facebook // Youtube // Instagram 

Beijos

le assinatura certa

Wishlist 2017 #1

wish2017 novo

Primeira wishlist do ano! Essa listinha que parece ser infinita, porque sempre tem algum livro entrando para os desejados haha. Selecionamos alguns para colocar aqui, se você já leu deixe aí nos comentários o que achou e a medida que formos adquirindo os livros vamos contando aqui para vocês o que achamos.

1- O livro dos Baltimimore: Esse livro é do mesmo autor de “A verdade sobre o caso Harry Quebert” que é uma leitura que recomendamos para todo mundo! Estamos loucas para ler uma nova história do autor e temos grandes expectativas, pois se for como o primeiro que lemos será sensacional.

2-O acordo: Recentemente vi uma booktuber falando desse livro (não lembro o nome do canal, sorry) e fui pesquisar mais sobre a série que se chama Amores Improváveis, esse é o primeiro livro da série e quero muito ler. Essa capa é tão linda ❤

3- A geografia de nós dois: Nunca lemos nada da Jennifer. E. Smith, mas morremos de vontade, por isso esse livro não poderia faltar nessa lista. Tenho a impressão que será um romance leve e que vou apaixonar pelas personagens.

4-O sol também é uma estrela: Vamos parar por alguns segundos e somente apreciar essa capa que é maravilhosa! A história se passa em Nova York, amamos muito histórias que se passam nessa cidade. Natasha se apaixona por um garoto, mas está prestes a ser deportada para a Jamaica, já deu para ver que uma daquelas histórias de amores impossíveis.

5-O caderninho de desafios de Dash e Lily: David Levithan ❤ Gostei muito de Will & Will com o John Green, então tenho grandes expectativas na história dele com a Rachel Cohn. Adoro a escrita dele, sabe aquele livro para ler em um dia chuvoso e frio? Acho que temos um vencedor hahah

6- Pequenas grandes mentiras: Ainda não assistimos a série, apesar de ver várias pessoas comentando. Essa é a história que deu vida à série de tv, não sei muita coisa sobre o livro (prefiro não saber tanto antes de ler para ter a surpresa), mas quero assistir a série e ler.

Twitter // Facebook // Youtube // Instagram 

Beijiinhos

ba asssinaturacerta

O Que A Gente Anda Lendo

feriado

Olha o vídeo novo nesse domingão! Aproveitamos esse feriado para lermos o máximo possível, por isso fizemos uma “mini maratona”. Eu fiquei bem feliz com o resultado, acabou que lemos mais do que usualmente, por isso gravamos um vídeo para mostrar quais foram os livros. Se gostar, não esqueça de se inscrever no canal!

E vocês, quais livros leram nesse feriado? Espero que tenham gostado!

Youtube // Facebook //  Instagram // Twitter

Beijos

le assinatura certa

Crescendo – Série Hush Hush

6

Esse é o segundo livro da série, depois de muito tempo procurando ele em um preço baixo consegui encontrar e fiquei muito feliz. A resenha de Sussurro, primeiro da série, já no blog tem um tempinho, então para conferir é só vir AQUI.

Em Crescendo temos impasses para Nora e Patch ficarem juntos, os arcanjos estão ameaçando mandar Patch para o inferno caso ele continue sua relação com Nora e aparentemente o anjo não perdeu tempo e começa a sair com Marcie Millar, inimiga de Nora no colégio. Várias questões do outro livro estão de volta: Quem matou o pai de Nora? Quais segredos Patch guarda? Há alguma forma de Nora e Patch ficarem juntos?

4

1

Nesse livro não há tanto romance, pois Nora e Patch passam a maioria da história separados, senti falta de ver cenas dos dois, pois eles são um casal que é possível ver faíscas quando estão juntos. Apesar do famoso clichê “Não podemos ficar juntos, pois você não está segura comigo” e de colocar Nora como mocinha em perigo algumas vezes, vemos também que Nora reage, não fica apenas em casa chorando e vai atrás do que acredita ou quer descobrir. Ela não fica parada esperando Patch vir salvá-la de tudo.

Vee, melhor amiga de Nora continua sendo uma personagem que trás todo o humor para a história e as cenas das duas são as melhores. Como disse na outra resenha queria muito que fosse uma personagem melhor desenvolvida pela autora. Com o foco em Nora, outras personagens ficam para trás e não as conhecemos bem, um exemplo é Scott, novo na história, não consegui me apegar a ele já que a autora peca um pouco em focar apenas na personagem principal. 

5

A história é um pouco parada, senti que pode ser uma preparação para o próximo livro, pois o livro não desenvolve como esperei. Porém tudo vale a pena quando você chega ao final, com reviravoltas e muitas descobertas, conseguiu me deixar instigada para ler o próximo livro da série. 

2

3

Gosto muito da diagramação do livro, pois a leitura fluiu de forma natural apesar da história um pouco parada e o que ajudou muito foi isso. A capa nos ajuda a visualizar Nora melhor e sempre imaginava a mulher da capa como sendo ela. Já quero ler o próximo livro e espero que não tenha uma história tão vazia quanto este.

Twitter // Facebook // Youtube // Instagram

Beijinhos

ba asssinaturacerta

O Menino Feito de Blocos

IMG_3358

Uma vez li em algum lugar que leitores são geralmente mais empáticos, pois em meio às histórias eles aprendem a sentir o que as personagens sentem, a tentar entender o universo delas, e “o menino feito de blocos” fez com que eu tivesse certeza sobre isso.

Logo que recebi esse livro fiquei muito curiosa pelo fato de se tratar de autismo, afinal, sempre foi um assunto que me despertou certa curiosidade. A história é sobre Alex que é pai de Sam, um garotinho autista. Alex não entende muito bem o mundo de Sam, o que desgasta seu casamento, até que ele se vê fora de casa, morando com seu melhor amigo e sem emprego. Tudo muda quando ele resolve começar a se aproximar de seu filho e com a ajuda do jogo Minicraft isso começa a se tornar possível.

IMG_3339

IMG_3341

“A vida é construída sobre as pequenas coisas”

Eu nunca tive nenhum contato com crianças ou pessoas autistas, por isso me vi em um mundo totalmente novo durante a leitura. Imagino que foi dessa forma que Alex tenha se sentido ao descobrir o porquê de seu filho não ser como as outras crianças, ele foi jogado em um mundo que não conhecia, o que provavelmente foi assustador. No entanto, para Sam deve ser mais assustador ainda, tente imaginar viver em um mundo onde suas emoções são mais afloradas, tudo é mais intenso, e qualquer coisa que saia do seu controle te deixe desesperado? Nós podemos tentar imaginar isso, mas viver na pele com certeza é dez vezes pior.

Ao ler o livro, ver a perspectiva do Alex e o comportamento de Sam, fez com que eu vivesse diversas emoções como desespero e alegria. O livro todo houve grande oscilação em meus sentimentos, pois a cada página, a cada dia passado, nunca se sabia como Sam agiria, se haveriam progressos ou retrocessos. E Alex disse isso várias vezes, pois se algo inesperado ocorresse no dia a dia de Sam, a reação dele não poderia ser prevista, o que o deixava tenso de passar até mesmo algumas horas com o filho.

IMG_3360

IMG_3362

IMG_3344

O mundo para Sam já era difícil, no entanto alguns fatos fazem com que isso o torne ainda pior, como  o fato de sofrer bullying na escola. Apesar da inocência em crianças, estas podem ser cruéis também e Sam por ser tão fechado em seu mundo sofria com isso, agravando o fato dele não gostar da escola e socializar com outras pessoas.

Através da história percebi que autistas são pessoas como nós, no entanto, com uma sensibilidade e inteligência extrema. Isso é facilmente notável quando Sam começa a jogar Minicraft, ele cria monumentos e ao passar do tempo vai ficando cada vez melhor. No jogo ele pode criar o próprio mundo, tem o controle das peças, o que o torna mais forte e confiante para viver no mundo real. Alex muitas vezes compara o mundo real com o jogo para ajudar Sam em certas situações, e em uma dessas, ele disse uma frase que me marcou muito:

“A vida é uma aventura, não um passeio. É por isso que é difícil.”

Apesar de falar muito de Alex e Sam que foram duas personagens que amei, a história contém outras importantes como Jody (mãe de Sam) e Dan (melhor amigo de Alex). As personagens são muito bem construídas, assim como o enredo e a leitura fluiu facilmente, apesar de não ter sido rápida, pois saboreei cada página e esse universo novo.

IMG_3349

IMG_3365

O livro é todo inspirado na experiência de vida do autor com seu filho, o que o torna ainda mais interessante.  Eu recomendo demais, principalmente para aqueles que assim como eu, nunca tiveram contato com pessoas autistas.

Follow my blog with Bloglovin

Twitter // Facebook // Youtube // Instagram

Beijos

le assinatura certa