Gilmore Girls: primeira temporada

gg3

Com o lançamento da novo temporada de Gilmore Girls na Netflix a internet foi à loucura e me deixou bem curiosa a respeito. Já tinha visto algumas imagens e gifs com partes da série que me deixavam intrigada e que me identificava muito. Por isso resolvi começar a assistir, e se você, assim como eu nunca assistiu ela por completo, venha ler esse post para começar logo!

Um ponto muito importante em qualquer história, são as personagens, e em Gilmore Girls, são elas quem trazem a graça. Com características particulares, Lorelai e Rory, mãe e filha respectivamente, são o contrário do que se espera. Lorelai saiu de casa aos 16 anos grávida onde vivia uma vida de “princesa”, mas para ela estava mais para pesadelo, e criou Rory praticamente sozinha. Lorelai nunca se deu bem em nenhum relacionamento, se mete em diversas encrencas e é muito sarcástica. Já Rory é o oposto da mãe, quieta, gosta de ler e não se mete em encrencas com tanta frequência haha.

gilmore_girls_lauren_graham_alexis_bledel_still

Lorelai e Rory, tem uma relação não só de mãe e filha, mas também de amigas, elas contam tudo uma para a outra e se ajudam em tudo. A história se passa em um cidadezinha pequena, onde todos se conhecem e sabem a vida de todo mundo. Uma cidade aconchegante, que dá vontade de morar lá, de ir na Cafeteria de Luke e nos festivais que acontecem com frequência, lá tudo é motivo de comemoração.

Não é uma série com aventuras e ação, é realmente sobre a vida das mulheres Gilmore, por isso ela é bem parada, no entanto é uma delícia de assistir. Como o próprio título diz, só assisti a primeira temporada ainda, mas já foi o suficiente para que eu esteja amando, por isso super recomendo!

YouTube // Facebook // Instagram // Twitter

Beijos

le assinatura certa

 

Anúncios

20 Resenhas em 2 Minutos

20-resenhas

Pensa em um vídeo divertido de fazer? Esse foi dessa forma, rimos muito durante a gravação e espero que vocês se divirtam tanto quanto nós! Vimos esse desafio no canal “Elefante Literário” e resolvemos fazer também, mesmo sabendo que poderia não dar muito certo haha. Afinal, falar de 20 livros em apenas 2 minutos é difícil, muito difícil. Será que conseguimos cumprir o desafio? Aperta play pra conferir! E ah, se gostar, inscreva-se no canal.

Espero que tenham gostado!

YouTube // Facebook // Instagram // Twitter

Beijos

le assinatura certa

A Lista Negra

foto-1

Confesso que li esse livro já faz um tempinho, mas não conseguia encontrar as palavras certas para fazer essa resenha. Até agora essa foi a melhor leitura de 2016, um livro que eu tinha muitas expectativas e que conseguiu superá-las. Um livro que mexe muito conosco e que traz um aprendizado gigante.

Logo no início da história nos deparamos com o terror que tomou o Colégio Garvin no dia 02 de maio de 2008. Nick Level, estudante do colégio, começa a atirar em vários alunos deixando mortos e feridos, porém não eram pessoas aleatórias, todos esses nomes estavam na Lista Negra, uma lista feita por Nick e sua namorada Valerie de todas aquelas pessoas de quem não gostavam, praticavam bullying com eles. É Valerie quem vamos acompanhar durante o enredo, depois de meses ela voltará ao colégio Garvin.

foto-2

foto-3

Durante todo o livro vemos que Valerie não sabia dos planos de Nick, porém como ajudou a fazer a Lista Negra  vemos questionamentos dela mesma e de outras personagens se ela é culpada ou não. Várias pessoas a culpam por aquilo que aconteceu, até mesmo pessoas próximas e que a conheciam. Com a volta para o colégio, Valerie além de precisar enfrentar todos os estudantes, precisa enfrentar os fantasmas daquela tragédia revivendo aquilo em sua mente diversas vezes.

O livro volta ao passado várias vezes para que possamos entender tudo que aconteceu e vemos isso pelas lembranças de Valerie já que o livro é narrado em primeira pessoa. Uma coisa que gostei muito é que há trechos de notícias do jornal local sobre o atentado, o que nos permite perceber como a mídia está lidando com tudo aquilo, há depoimentos de pessoas que sofreram com o que aconteceu e o o jornal deixa claro quem considera culpado ou inocente.

foto-4

foto-5

Para lidar com todos os seus traumas, Valerie conta com a ajuda do Dr. Hietler, uma personagem que consegui ter grande afeição. Com ele, vemos desabafos de Valerie e como ela está lidando com o passado (o que aconteceu), presente (sua volta ao colégio) e o futuro (quais suas esperanças, vontades). 

Muitos assuntos pesados foram abordados com destreza, como bullying, suicídio, traumas, problemas familiares, a mídia como ditadora de culpados ou inocentes. Apesar dos assuntos serem pesados, a leitura é tranquila e tem uma fluidez ótima, os capítulos têm tamanho exato para você não conseguir parar a leitura e  o design do livro ajuda muito nisso também.

foto-6

Jennifer Brown teve um livro de estréia sensacional e que capta o leitor, com personagens e fatos muito bem construídos e amarrados. Esse livro vai te fazer refletir sobre tanta coisa e quando terminar vai pensar “Que livro sensacional”, com toda certeza é uma leitura obrigatória para todos, que deveria estar em todas as escolas e ser abordado em sala de aula.

Twitter // Facebook // Youtube // Instagram

Beijinhos

ba asssinaturacerta