TAG: Signos Literários

signos

Olááá! Quem também é o louco dos signos? Quando vimos essa tag não poderíamos deixar de gravar para o canal. Como boas librianas, não foi nada fácil escolher as respostas, mas espero que gostem hahaha. Qual o seu signo e qual personagem relacionamos com ele? Conta aí nos comentários 🙂 Se gostar do vídeo, não vai esquecer de se inscrever no canal ein?

Twitter // Facebook // Youtube // Instagram

Beijinhos

ba asssinaturacerta

Anúncios

O Primeiro Último Beijo

6

Romance é um gênero que me atrai muito, por isso, como já tinha passado da metade do ano sem que eu lesse pelo menos um livro desse gênero, escolhi ler “O primeiro último beijo”, além disso, tinha visto vários comentários positivos sobre  e resolvi embarcar  nessa história de amor.

O livro é sobre Molly e Ryan, um casal que se conheceram muito jovens e que anos depois o destino resolveu juntá-los. Apesar de serem jovens e ambos terem vividos outros relacionamentos, eles sabiam e principalmente sentiam, que eles estavam destinados.

2

5

A passagem de tempo durante toda a história não é linear, o que em um primeiro momento pode deixar o leitor bem confuso, mas aos poucos é possível se acostumar ao ritmo dos acontecimentos, o que deixa tudo mais claro. Eu, particularmente. demorei a engrenar o ritmo, o que dificultou muito meu envolvimento com a história e personagens, deixando a leitura cansativa muitas vezes.

“Você pode me fazer um favor? Quebre uma regra hoje, enlouqueça, viva o momento. Abra seu coração. Depois, abra mais um pouco. Ame muito,, ame mais ainda. Não tenha medo de se expressar, de gritar, de ser ouvido. Diga EU TE AMO. Aposte todas as fichas. Aposte todas as fichas no amor. Por mim. Porque eu não fiz isso. E agora não posso. mais.”

Molly é uma mulher que ama fotografia, desde menina sonha em viajar o mundo, ser independente e morar em outro lugares. Já Ryan, atleta quando menino e mais tarde professor de educação física, não gostaria de sair de sua cidade natal, ele é um pouco “acomodado” e não busca por algo a mais. Pelo fatos deles se apaixonarem muito cedo, viverem juntos e casarem jovens, eles tiveram que abrir mão de muita coisa e é possível ver isso durante a leitura, pois existe um conflito de Molly pensar em seus sonhos que deixou para trás e quem reflexões sobre quem ela é.

3

4

Apesar desse conflito, é gratificante ver como eles amadurecem juntos, tem seus problemas e o casamento deles não é perfeito, assim como qualquer relacionamento na vida real. Vivenciamos através das páginas momentos maravilhosos deles juntos, mas também momentos turbulentos e de brigas.Como falado acima, eles abriram mão de muita coisa que queriam para estarem juntos, mas isso contém também um lado positivo, mais uma vez vemos o realismo de um relacionamento na história, em que é preciso abrir mão de algumas coisas para estar com quem ama, ou fazê-las com a pessoa.

“Aprendi que fazer concessões é o que une as pessoas. Ceder é partilhar e conciliar, é ser gentil, amoroso e altruísta. É abrir os braços para outra pessoa e dar um passo até o meio do caminho entre o que você quer e o que a outra pessoa deseja e sonha.”

1

Geralmente me apaixono fácil por casais de livros, mas com Molly e Ryan isso não aconteceu, consegui desenvolver apenas afeição, é como se não conseguisse sentir o relacionamento deles, apesar de ter gostado muito do casal. Esse é aquele tipo de livro em que você terá que parar várias vezes para marcar ou anotar quotes, além que aprenderá diversas lições com as personagens. Apesar de não ter sido totalmente prazerosa, é uma leitura gostosa e que recomendo aos fãs de romances.

YouTube // Twitter // Facebook // Instagram

Beijos

le assinatura certa

Valorize o Booktube + TCC

valorize

Pesquisando alguns temas de vídeo para gravar, eu e a Bárbara nos deparamos com alguns vídeos sobre a valorização do Booktube, o que nos chamou muita atenção, afinal, nosso TCC foi todo sobre esse universo e este foi um dos tópicos abordados. Por isso, resolvemos gravar também um vídeo sobre isso juntando com análises feitas para nosso trabalho de conclusão de curso. Esse vídeo funcionou como um bate-papo e reflexão e espero que gostem! Ah, não se esqueça de se inscrever no canal!

YouTube // Facebook // Instagram // Twitter

Beijos

le assinatura certa

 

Oníria -O reino dos sonhos

1

Imagine só poder entrar em um mundo totalmente novo enquanto você dorme? Um mundo onde os sonhos das pessoas existem, cada personagem dessa história foi criado em sonhos, um lugar onde tudo pode existir, as criaturas mais exóticas e inimagináveis estão lá, essa é Oníria.

Elliot aos seus doze anos é apresentado a um mundo que parece impossível de existir. Ele precisa encontrar o chamado Mercador de Areia, pois ele é a única esperança de salvar seu pai que encontra-se em um estado de coma. Porém para isso ele precisa ir para um mundo que apenas existe em seus sonhos.

6

5

O que me chamou bastante a atenção foi a capa do livro que remete a algo mágico, a ilustração é fascinante e quando você  vai lendo vai percebendo detalhes da história nesta. Essa foi uma leitura muito leve, um livro bem juvenil, às vezes não conseguia me prender totalmente à história, pois me sentia um pouco fora do público que o autor quis atingir. A escrita, descrição e acontecimentos da história nos deixa claro ser um livro para um público muito jovem. 

Quanto às personagens, Katsia foi uma das que mais me chamaram a atenção, foi bem desenvolvida e muitas vezes rouba o lugar de protagonista. Elliot cumpre seu papel na história, mas não me envolveu tanto quanto eu gostaria. Farjo trás todo o humor para a história e me arrancou boas risadas, temos então o famoso trio de ouro.

2

4

Esse é um livro que ressalta muito o poder da imaginação, o quanto ela é necessária. A importância das amizades também está muito presente, acho que esse é um livro que por trás da história nos traz grandes lições que devemos aprender desde pequenos. A leitura não foi uma das melhores desse ano, porém também não foi ruim e atende perfeitamente às expectativas de seu público. O final não me chamou tanto a atenção, por isso não sei se continuarei a ler os próximos livros, porém foi uma experiência no mínimo interessante. 

Twitter // Facebook // Youtube // Instagram 

Beijinhos

ba asssinaturacerta

 

Stranger Things

strangerthings

Sim, nós precisamos falar dessa série! Provavelmente não é a primeira vez que você está vendo algo sobre Stranger Things, afinal em todas as redes sociais o que não falta é comentários sobre a série. Lançada dia 15 de julho é um grande sucesso e está dando o que falar na internet.

A série se passa em 1983 e está envolta do desaparecimento do pequeno Will, que desencadeia uma busca desenfreada para encontrá-lo. Seus amigos, família, polícia local e uma garotinha bem peculiar se envolvem na investigação para encontrar o menino, porém como o próprio nome já diz, coisas estranhas começam a acontecer naquela pequena cidade. 

starnger-things-kids

Antes de ver a série achei que fosse ser bem aterrorizante, não gosto de histórias  de terror, por isso fiquei com o pé atrás. Porém é uma série para até mesmo aqueles que têm medo desse tipo de história, conseguiram fazer um suspense leve, mas com conteúdo e que pudesse abranger um público grande. Ter crianças como protagonistas me chamou muito a atenção e que sensacional a atuação delas, quando a série termina dá aquela vontade de ver aquelas crianças em ação novamente.

Muitas referências dos anos 80 estão presentes, você é imergido em uma nostalgia enorme com a fotografia, trilha sonora que por sinal eu amei. Uma das maiores referências é E.T- O Extraterrestre, em várias partes é possível perceber isso. E ainda temos  Winona Ryder vivendo a mãe de Will que vai deixar você agoniado às vezes por ver um desespero tão grande em suas ações e expressões.

5436270.jpg-r_x_600-f_jpg-q_x-xxyxx

Uma coisa que gosto muito em séries e filmes é quando trazem parte da história por meio das lembranças das personagens, é o que fazem com Eleven, a garotinha que nos deixa a série toda pensando “WHAAAAT?” e trouxe algo a mais para série e todo o desenrolar da história. A abertura da série porém deixou um pouco a desejar, acabei vendo isso em outros blogs também, sempre espero muito das aberturas de séries da Netflix e essa foi uma que não me surpreendeu.

Com apenas oito episódios é aquela série que vai te prender do início ao fim e quando terminar vai querer a próxima temporada. E aí, que tal maratonar?

Twitter // Facebook // Youtube // Instagram 

Beijinhos

ba asssinaturacerta