Melhores de Fevereiro 2016

cjkd

Fevereiro teve tanta coisa boa acontecendo que quando eu e a Bárbara fizemos a lista, tinha tanta coisa que tive que sair cortando alguns porque não ia caber aqui no post hahaha, bom é assim, quando um mês consegue te surpreender e te faz feliz. Foimuita música boa, livros incríveis, filmes de tirar o fôlego e eventos sensacionais, por isso vem conferir o que teve de melhor no mês:

1- A Quinta Onda: Fomos assistir esse filme no cinema pois ele nos chamou a atenção pelo trailer e por conter a Chloe no elenco. O filme não decepcionou e fiquei bem envolvida. Fiz a resenha aqui no blog contando direitinho tudo o que achei!

2-A Seleção: com toda certeza esse foi o livro do mês, eu simplesmente amei começar essa série, as personagens, o enredo, tudo me surpreendeu muito e fiquei apaixonada. Já quero os próximos livros o mais rápido possível! Ah, tem resenha aqui no blog dele.

3- Relendo Harry Potter: Tem tanta gente lendo e relendo Harry Potter que resolvemos fazer o mesmo, ficamos com saudade das personagens, de Hogwarts e resolvemos embarcar mais uma vez na magia. Talvez quando terminarmos de ler, façamos algum vídeo, o que acham? Enquanto isso, vamos fazendo as resenhas que ainda não tem aqui no blog. Um absurdo não é? hahaha

4-Carnaval +MC Koringa: Gente, sério, se você ainda não foi em algum show do MC Koringa, então não perca tempo e vá! Com toda certeza é um dos melhores shows da minha vida e sim, é de FUNK! Não temos preconceito com nenhum tipo de música e gostamos de funk também haha! Assim como o show, o carnaval todo foi ótimo, se eu pudesse voltaria no tempo e viveria tudo novamente. Já esperando ansiosamente o de 2017!

5- Hymn for the weekend e Projota: Uma música que temos escutado bastante é “hymn of the weekend” do coldplay e que recentemente também ganhou um clipe maravilhoso que não me canso de ver. Em música Projota teria que aparecer também, pois nesse final de fevereiro temos escutado muito, principalmente a música “Ela só quer paz”.

Esses foram os melhores do nosso mês, e no mês de vocês? O que teve de melhor?

Youtube // Facebook // Instagram // Twitter

Beijos

le assinatura certa

 

 

Anúncios

Sites que me inspiram

Oláá! Às vezes tudo o que eu preciso é de ler um texto ou crônica, saber que tem alguém que já passou pelo o que estou sentindo e me confortar com aquelas palavras, eu preciso ver meus sentimentos transcritos na tela, até mesmo para confessar a mim mesma o que estou sentindo. Não importa o meu humor, se estou triste ou alegre, eu adoro ler textos, na verdade isso apenas se tornou um hábito recentemente e eu posso dizer que desde então eu me sinto mais inspirada, motivada. Como isso tem me feito tão bem, eu vim aqui hoje indicar alguns desses sites/blogs. cxcc

1- Entenda os Homens: Esse com toda certeza é o meu preferido, sempre tem algum texto novo e eu fico de olho no Facebook louca para ler algo novo. Tantas vezes eu me vi nos textos e crônicas, me vi na mesma situação. Não importa qual o seu sentimento no momento, eles sempre vão ter um texto ou crônica para você se identificar. O site é dividido em categorias muito boas, e com muito conteúdo bom, além disso o Frederico Elboni (casa comigo?), o fundador do site, também faz vlogs e o canal é sensacional, também vale super a pena conferir!

fdfgg

2- Entre Todas As Coisas: Opa! Tive que parar de escrever o post aqui para ir ler um texto lá hahaha. Os textos são super inspiradores, escritos com uma leveza que nos faz ler vários de uma vez só. A descrição no Facebook é a seguinte “Aqui você fala sobre relacionamentos, comportamento e sexo sem nem perceber.” e é exatamente isso, eu poderia passar horas ali lendo e adquirindo conteúdo sem me cansar.

ffgg

3- Jornalismo de Boteco: Esse blog conheço há pouquinho tempo, mas já adorei! Os textos são muito bem escritos e com temas pertinentes. Alguns textos são bem curtinhos, às vezes isso é bom porque não quero ler algo grande, outras fico com vontade de “quero mais” e queria que fosse maior. Então tem para todos os gostos, os que gostam de textos maiores e menores. 

Tem algum site/blog de textos e crônicas que vocês também amam?

Twitter // Facebook // Youtube // Instagram

Beijinhos

ba asssinaturacerta

A seleção

7

A seleção é mais um livro que me surpreendeu muito, esse ano nem começou direito e já me proporcionou ótimas leituras. Fato curioso é que a”A Seleção” era pra ser apenas uma trilogia que virou 5 livros, vai entender né? Provavelmente isso aconteceu por causa do enorme sucesso dos livros.

A história é sobre uma espécie de “competição” pelo coração do príncipe de Illéa, em que 35 garotas serão escolhidas para ficarem no palácio e uma delas será escolhida para ser a mulher de Maxon.Olhando pela sinopse o livro parece até mesmo ridículo, no entanto ele é o oposto disso, a autora conseguiu um desdobramento e desenvolvimento da história em cima dessa sinopse inacreditável, capaz de lhe envolver e dar vontade de ler tudo em um só dia.

1

3

America, a protagonista, acha a seleção uma bobagem e só está lá na competição para comer e pelo o que ela vê na televisão, ela acha o príncipe totalmente sem graça, no entanto, ao ser selecionada para A Seleção sua concepção dele irá mudar completamente. Maxon conseguiu ganhar meu coração e com toda certeza já sou do time dele, ele se mostra gentil, humilde, preocupado com as pessoas e a população. Também existe Aspen, que era quem América tinha um relacionamento antes de ir para o palácio. Assim, já percebemos o famoso triângulo amoroso tendo um início.

4

5

O livro também fala um pouco de política, já que a população é dividida em níveis, do 1 ao 8, sendo que a família real pertence ao 1 e os mendigos ao 8. America Singer é do nível 5 e Aspen do nível 6, por isso ambos não poderiam se relacionar já que ele está abaixo de America. Um dos motivos para America entrar na Seleção é melhorar a condição de sua família, pois ela muitas vezes já passou por dificuldades e com isso eles subiriam de nível e conseguiriam estabilidade financeira.  Além disso, durante a estadia de America no palácio vários ataques de rebeldes acontecem, no entanto, não se sabe ao certo o que eles querem ou pretendem.

6

2

Há momentos na narrativa que me fizeram rir muito, esse toque de humor só fez com que eu gostasse ainda mais das personagens e seu universo. Mesmo que a  história tenha se mantido praticamente no mesmo ritmo e não haver grande oscilação, em momento algum me senti entediada e com falta de mais ação. Com a leitura gostosa e leve, cheio de romance, não esperaria menos de um rebuliço na literatura juvenil, e foi isso que aconteceu. Esse livro me ganhou por completo e já quero ler o próximo.

Youtube // Facebook // Instagram // Twitter 

Beijos

le assinatura certa

 

 

Séries de livros para 2016

series livros.jpg

Acharam que não ia ter vídeo novo essa semana? Pois estão muito enganados, porque tem vídeo siiim, haha! Coincidência ou não, eu e Bárbara começamos lendo muitas séries de livros esse ano e quando fomos parar e pensar nisso, vimos que isso poderia ser um problema, pois é muita sequencia para comprar, por isso, decidimos escolher algumas para esse ano, aquelas que vamos nos empenhar para terminá-las e nada melhor do que poder compartilhar aqui com vocês. É a primeira vez que estamos com tantas séries inacabadas e para não ficarmos perdidas fizemos essa “lista”, vem conferir o vídeo então! E claro, se ainda não é inscrito no canal, inscreva-se!

E vocês? Também estão com muitas séries inacabadas? Espero que tenham gostado do vídeo!

Facebook // Youtube // Instagram //Twitter 

Beijos

le assinatura certa

Sussurro – Série Hush Hush

5Nunca me interessei por esse livro até a Letícia ganhar de amigo secreto. Foi uma das minhas primeiras leituras do ano e me surpreendeu bastante, quando terminei de ler só conseguia pensar “Quero o próximo livro!”, o que me fez pensar assim? Espero que eu consiga passar nessa resenha para vocês.

Nora nunca teve muito interesse nos garotos de sua escola, ao contrário de sua melhor amiga Vee que sempre tenta empurrar um garoto para ela. Nossa personagem principal sempre foi tímida, introvertida e gosta de escrever resenha para o eZine. Isso muda quando Patch é seu novo parceiro nas aulas de biologia, um garoto misterioso, que aparentemente sabe muita coisa sobre ela. Com a impressão de que Patch a segue, ela e Vee começam a investigá-lo.

4

3

No livro é possível separar duas histórias diferentes, pois há um caso policial também, porém quando chegamos ao climax essas duas histórias se entrelaçam de alguma forma, o que eu amei! É claro que por ser uma história com anjos e afins (já é possível perceber isso pela capa), há um certo clichê, mas isso é bem sutil. Durante todo o livro há uma pegada mais sombria, Becca Fitzpatrick passou isso muito bem e na minha cabeça eu imaginava os ambientes mais escuros.

Como não se apaixonar pelo Patch gente? A Nora fica em dúvida se deve se afastar ou se aproximar dele, mas por ter um mistério ao seu redor é quase impossível ficar longe dele, a forma como ele foi criado pela autora faz você querer saber cada vez mais sobre ele e confesso que me surpreendi quando descobri um pouco de todo esse mistério que o ronda. Apesar de ter grande destaque, o romance não chega a ser o maior foco da história, é possível perceber o envolvimento dos dois lentamente.

2

1

Todas as personagens se completam e não estão ali em vão, uma personagem que amei também é a Vee, geralmente a amiga da personagem principal sempre fica apagada, mas com ela é diferente, além de dar o humor para a história, ela consegue se destacar e você fica torcendo para mais cenas com ela.

Passado e presente se ligam muito bem na trama, com um ritmo que prende o leitor do início ao fim. As coisas vão se clareando no momento certo e tudo é muito bem conectado. O tema “anjos” nunca me chamou tanto a atenção, porém esse é um livro que me fez querer mais e mais. Assim que ler os próximos livros já sabem, terá resenha aqui!

Twitter // Facebook // Youtube // Instagram

Beijinhos

ba asssinaturacerta

A Quinta Onda – Filme

The-5th-Wave

Desde que foi anunciado que Chloe Moretz seria a protagonista do filme “A quinta onda” já criei altas expectativas, mesmo não tendo lido o livro não aguentei e fui conferir no cinema essa adaptação. Além da Chloe, o elenco ainda conta com Nick Robinson que é novo no cinema, mas você deve se lembrar por “Jurassic World”, Liev Schreiber de “X-Men Origens: Wolverine” e temos o rosto novo de Alex Roe que teve esse filme como estreia trabalhando em frente as câmeras.

Por isso, não poderei fazer a comparação entre ambos, mas pretendo ler em breve. O filme segue muito a linha de histórias distópicas ou ficção adolescente, tem muito em comum com Jogos Vorazes, Harry Potter, Maze Runner, entre outras sagas que tem carregado milhares de fãs aos cinemas. Por isso, não vá ao cinema pensando que será uma história que sairá do clichê, porque ele compõe grande parte do universo, podendo ser para alguns um ponto positivo ou negativo.

O filme se passa quando a terra começa a sofre ataques alienígenas que são chamados de “os outros”. Os ataques são em estágios, por isso existem cinco ondas, o primeiro ataque é o corte de energia do planeta, a segunda onda é um tsunami, a terceira é um vírus que dissemina grande parte da humanidade e em seguida “os outros” começam a habitar o corpo das pessoas que restaram. Cassie, que antes era uma garota normal de ensino médio, perde o pais e vê seu irmão sendo levado pelo exército na tentativa de salvar os jovens que ainda restam na terra e agora precisa ir atrás dele.

2

Durante o filme todo Cassie está em busca de seu irmão e para isso precisa sobreviver, o que lembra muito Jogos Vorazes, não o fato apenas de que ela terá que lutar para sobreviver, mas por ser uma protagonista mulher, forte e que não admite ser vista como incapaz. Algo que senti muita falta foi desespero nas personagens, elas tratam tudo como se as coisas apenas saíssem de sua zona de conforto e não como se estivesse acontecendo um ataque alienígena, as ações das personagens parecem não mexer com o psicológico destas, ainda por cima, estas são crianças e jovens, estão em fase de formação, espera-se mudanças de comportamento no mínimo.

a-5c2aa-onda-c

Assim como filmes para o público jovem, um romance não poderia faltar, Cassie antes do ataque alienígena tinha uma paixão no colégio por Ben, o típico popular jogador de futebol que todas as meninas querem namorar. Enquanto tenta sobreviver ela vai conhecer Evan (que já se tornou o meu favorito) e a partir daí é possível perceber que caso venha a ter mais filmes dessa série o triângulo amoroso será forte e evidente. A interpretação dos atores está impecável, até mesmo das crianças, que trabalharam como verdadeiros adultos.

Há efeitos especiais durante todo o filme e estes estão sensacionais, muito bem feitos, assim como a fotografia que consegue fazer com que haja uma maior imersão do telespectador na história. “A quinta onda” é um filme muito bem produzido, com seus clichês, um pouco previsível, mas capaz de te envolver com as personagens e seu enredo, por isso recomendo muito!

Youtube// Facebook // Instagram // Twitter

Beijos

le assinatura certa

Quem Você Shippa? (Bate-Papo)

ships

Quem nunca shippou um casal fictício? A gente sofre por eles, torce enlouquecidamente e quando ficam juntos é como se soltassem fogos de artifício. Há vários tipos de ships, e isso é uma das coisas que mostramos nesse vídeo, resolvemos fazer esse bate-papo porque percebemos nos nossos ships e queríamos conversar sobre isso com vocês. Qual o seu ship do momento? Conta para nós nos comentários, ah e se gostar do vídeo se inscreve lá no canal!

Twitter // Facebook // Youtube // Instagram 

Beijinhos

ba asssinaturacerta