Um Senhor Estagiário

Um-Senhor-Estagiário

“Um senhor estagiário” foi um daqueles casos em que você vai no cinema e acaba escolhendo um filme aleatório por se encaixar no seu horário livre. Sou uma pessoa que adora esse tipo filme, pois você não sabe nada sobre ele e não há expectativas, portanto se foi ruim, não há frustrações, e só for bom, seu dinheiro terá valido a pena. E esse caso, foi mais um bem sucedido, ou seja, gostei muito do filme, ele me surpreendeu e vou explicar direitinho aqui na resenha.

Procurando sobre o filme na internet para fazer essa resenha me deparo com a notícia de que é dirigido pela mesma diretora de “Operação Cupido”, um dos filmes que mais amava quando criança (e ainda amo), Nancy Meyers não é um nome muito conhecido, mas ela tem sua marca em Hollywood, pois além de “Operação Cupido”, também dirigiu filmes como “Do Que as Mulheres Gostam”, “Alguém tem que ceder”.

A história é sobre Jules Ostin, uma mulher que criou um site de roupas online, que com apenas 18 meses na ativa já conta com mais de 200 funcionários na empresa. Sua empresa começa um projeto para contratar estagiários idosos e Jules vai trabalhar ao lado de Ben, um viúvo, que aos 70 anos está buscando novas experiências e desafios, pois entrará em um mercado de trabalho evoluído, mas que aos poucos se adaptará.

THE INTERN

As personagem Ben é interpretada por Robert De Niro, que se entrega ao filme de forma que não colocaria ninguém em seu lugar, com ele a comédia fica madura e com a presença de Anne Hathaway como Jules, ela fica leve e gostosa. A personagem Jules  me lembrou muita Andrea de “O Diabo Veste Prada” também interpretado por Hathaway. O resto do elenco também é maravilhoso, tive a surpresa de ver Nat Wolff em uma cena e Adam Devine (não é o Levine gente hahaha) que tem crescido cada vez mais no mercado cinematográfico e se tornado grande  ator e comediante.

O filme aborda assuntos como o papel da mulher no mercado de trabalho, o fato dela poder ser independente, não precisar fazer o papel de dona de casa, em que fica o dia todo cuidando dos filhos, mostra o poder que ela tem conseguido e se igualado ao sexo masculino. Também mostra a relação de pessoas mais velhas com a tecnologia, mas sabe o que me impressionou muito? Foi a personagem Ben não ter sentido medo de entrar nesse mundo virtual, que é algo que percebo muito nas pessoas com mais idade, é como se elas tivessem medo de tocar em algo errado e acontecer uma catástrofe ou algo do tipo, elas se sentem retraídas e como se fossem “menores” frente a esse mundo. E Ben não se mostra inibido hora nenhuma,está ali para enfrentar desafios, novas experiências, e senti grande admiração por ele.

um_senhor_estagiario-482514

A trama se desenrola de forma natural, lhe roubará boas gargalhadas e fará você sentir vontade de trabalhar ao lado de Ben e Jules. Fazia já algum tempo que não assistia ou encontrava um filme tão leve e gostoso de assistir, algo para fazer em uma tarde de domingo em que não estou afim de sair de casa e apenas quero me distrair. “Um Senhor Estagiário” traz consigo lições para a vida e a que mais me marcou é: nunca é tarde demais. Por isso, é um filme que recomendo muito a todos.

Espero que tenham gostado.

Youtube // Facebook // Instagram // Twitter 

Beijos

le assinatura certa

Anúncios

2 comentários sobre “Um Senhor Estagiário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s