Insurgente

Insurgente

Assim que terminei de ler “Divergente” já comecei a ler “Insurgente”, pois estava muito ansiosa para saber o que aconteceria com as personagens e qual seria o desfecho da história. O livro é muito bom, mas se tivesse que escolher, diria que “Divergente” é melhor, no entanto vale muito a leitura.

O livro é o segundo da série, e após a simulação tudo se encontra em estado de caos, a abnegação está praticamente destruída, a audácia dividida e as outras facções não sabem qual posição tomar. Tris tem que lidar com a morte de seus pais e de Will, em meio a tudo isso, ela descobrirá muitos segredos e terá uma revelação que poderá mudar o destino de todas as facções.

“A tristeza não é tão pesada quanto a culpa, mas rouba mais de nós.”

Nesse livro mostra mais detalhes sobre o universo das facções, como os líderes de cada uma e sobre suas políticas. Em muitos momentos queria matar Tris, pois fiquei muito brava com certas atitudes dela. É visível ver um desentendimento de Tris e Quatro ao decorrer da história, podemos presenciar a primeira grande briga deles, o que me deixou de coração partido.

A autora teve uma grande jogada ao colocar a notícia bombástica na última página do livro, na última frase e isso me deixou de cabelo em pé, pois queria pegar o próximo livro e já devorá-lo, mas para a minha infelicidade, isso não foi possível, pois tenho que ler um livro para o curso de inglês, mas é claro que será o próximo que irei ler, sem dúvidas.

Xoxo

leeee

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s