O poderoso chefão (The Godfather)

CapaGodfatherQG

Para falar a verdade nunca me interessei pelo filme ou pelo livro “O Poderoso Chefão”, meu irmão sempre me disse que era muito bom, ele é um fã da trilogia, então um dia pensei “por que não?”, peguei o livro para ler e QUE LIVRO, estou apaixonada pelo primeiro livro, já quero ler os outros e ver os filmes. Foi um dos livros escolhidos para a Maratona Literária e devorei em poucos dias, apesar do número de páginas.

O livro conta a história de Don Corleone, o padrinho, de origem italiana, ele comanda a máfia em NY e vive lá com sua família. Se você tem um problema, qualquer problema, o padrinho pode resolver em troca de sua amizade, isso é mostrado logo no início do livro. Don Corleone sofre um atentado, sendo este já o segundo como é contado ao longo da história,  e sua família é obrigada a assumir os negócios da família. Quando você pensa que tudo está se acalmando novamente, ocorre  algo e a história vira de cabeça para baixo.

“Tudo é pessoal, todo pedacinho de negócio. Todo pequeno aborrecimento que todo homem tem de engolir todos os dias de sua vida é pessoal. Chamam a isso de negócio. Muito bem. Mas é absolutamente pessoal. Você sabe com quem aprendi isso? Com Don Corleone. Meu velho. O padrinho”

No início confundia muito as personagens pelo fato de serem muitas, mas ao decorrer do livro me lembrava de cada um, pois Mario Puzo faz com que você os conheça. Contado em terceira pessoa o livro não se prende somente ao Don, mostrando como anda a vida de outras personagens e como estão conectadas, o que é  de extrema importância. Apesar do livro se chamar “O poderoso chefão” e ser remetido ao Don Corleone uma personagem que também tem muito destaque é Michael Corleone um de seus filhos.

O livro é grandinho, mas em hora alguma se tornou cansativo, pelo contrário cada vez mais se tornava interessante e envolvente. Há muitas mortes no livro, fiquei muito triste por algumas personagens, apesar de saber tudo de ruim que já fizeram. O vocabulário é um pouco pesado, mas muito bem escrito. Mario Puzo foi muito feliz nesse livro, superou qualquer expectativa que eu tivesse e é clássico muito foda!

Xoxo

barr

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s